Empreendedoras.net

Como aumentar o volume de negócios na sua empresa


Você já deve ter ouvido alguém falar que o sucesso não vem sozinho, que não bate à sua porta e que, por mais que você tente, não existe atalhos para alcançá-lo.

Embora isso possa parecer verdade, sempre podemos tirar algum proveito de algumas maneiras de agir ou seguir uma linha específica que nos ajudará, se não alcançar o sucesso ao abrir o primeiro negócio, a estar muito perto dele.

Entre as principais preocupações de uma empresa, seja qual for o seu tamanho (grandes ou pequenas empresas, MEI, freelancers, etc), está o aumento da da rentabilidade.

Como aumentar o volume de negócios na sua empresa

Todos gostamos de obter êxito nos negócios e, assim como o sucesso não bate à nossa porta, precisamos trabalhar bastante para conseguir isso.

Antes de querer obter renda considerável, devemos, portanto, começar a seguir alguma linha que nos aproxima dessa possível rentabilidade mais alta em nossos negócios. Listados abaixo alguns indicadores que podem ajudar no fortalecimento da empresa, juntamente com o aumento nas vendas e no faturamento:

1. Custos

Dentro desse primeiro ponto, observaremos os custos que envolvem seus fornecedores, produtos disponíveis e suas vendas.

Você sempre oferece o melhor produto para os seus clientes? Tão importante é encontrar um fornecedor com preço baixo, como saber para quem serve o seu produto, a que preço e qual é a sua qualidade. O sucesso de um fornecedor dependerá da qualidade dos produtos desses fornecedores. Tente encontrar a combinação perfeita: maior qualidade ao preço mais baixo e você estará bem.

Por outro lado, depois de encontramos o melhor preço para os nossos produtos, precisamos nos atualizar, acompanhar as tendências do mercado e pesquisar um pouco a concorrência, para que sempre tenhamos um preço adaptado ao nosso produto.

Como terceiro item sobre os custos, estudaremos o custo envolvidos sobre a venda, o dinheiro gasto na produção do que você vende e na própria venda. Dessa forma, qualquer pessoa que começar a montar um negócio estará preparada para saber quais seguimentos são convenientes e quais não são.

2. Satisfação de nossos clientes

Uma das melhores maneiras de medir a qualidade de um negócio é a satisfação do cliente. Nesse caso, será muito importante estudar a divisão dessa satisfação, ou seja, analisar quais elementos influenciam quando os clientes estão satisfeitos com seu serviço ou produto ou não.

Essa análise nos permitirá não apenas estabelecer a lealdade do cliente e melhorar seu índice de satisfação, mas também produzirá um efeito de divulgação que pode trazer novos clientes e, portanto, benefícios e vendas.

3. Faturamento frequente

Em nossos negócios, devemos sempre manter as vendas constantes, que nos permita obter renda suficiente para investir na melhoria da empresa. É isso que conhecemos como fluxo de caixa equilibrado. Para que esse item funcione, além de ter uma boa estratégia de vendas, é primordial controlar todos os aspectos de nossos negócios, para que possamos ter uma ampla visão de seu crescimento. Após a analise de todo o faturamento, seria melhor ter um sistema de gerenciamento que facilite essa tarefa e permita solicitar todas as informações de forma precisa.

4. Medição do período de vendas

Outro ponto a considerar é o tempo necessário para fechar uma venda com um novo cliente. Esses dados, se calculados de maneira precisa, podem nos dar informações para fazermos nosso trabalho corretamente. Além disso, é preciso entender o tempo que levamos para entrar em contato com os fornecedores, para entrar em contato com o cliente para estar atentos a possíveis falhas de comunicação que possamos estar cometendo.

Considerações

Como podemos perceber, iniciar um negócio envolve muitas variáveis e análises, mas, a longo prazo, seguir determinadas diretrizes no gerenciamento da empresa pode economizar custos, tempo e muitas dores de cabeça. Tente manter-se organizado para começar a melhorar o faturamento da sua empresa.