Empreendedoras.net

Como começar um negócio de doces ou chocolate em 9 passos


Como começar um negócio de doces ou chocolate

Você pode ficar surpresa ao saber que um de seus hobbies favoritos, comer doces e chocolates, pode se transformar em um negócio enorme e lucrativo.

De fato, os alimentos especiais representam bilhões em vendas no varejo e, em vendas para restaurantes. E muito disso é doce. O mercado de doces gourmet é grande e crescente. Então, o que isso significa para você?

Talvez você possa começar um novo negócio de confeitaria. A concorrência é acirrada, se você quer entrar nesta indústria em rápido crescimento, você precisa de um plano.  Siga os passos abaixo para transformar seu hobby em uma atividade lucrativa. 9 passos para iniciar um negócio de doces a partir de casa

1. Saiba o que está acontecendo

Se você quer começar um negócio de fabricação de doces, você provavelmente vai começar vendendo perto da sua região. No entanto, você pode se surpreender com quantos concorrentes você já tem.

Então, antes de investir muito pesado, procure quem vende doces especiais na sua área e exatamente que tipo de serviços eles oferecem a você.

Pesquise na Internet e converse com lojas de alimentos especiais locais para determinar o que eles têm em estoque e o que sai de suas prateleiras.

Visite lojas de doces locais e faça seu próprio reconhecimento, é sempre útil saber o que seus concorrentes estão fazendo! Faça consultas em aplicativos de entrega de comida e encontre que vende doces perto de você.

Depois de resumir a competição, pense no tipo de doce que você quer fazer e vender. Se o mercado está inundado de chocolate, mas a concorrência é baixa ou não para doces duros, brigadeiros, bolos de pote ou caramelos, este pode ser o lugar para você começar.

Por outro lado, se você tem uma receita de chocolate verdadeiramente única que pode tornar o seu negócio exclusivo e bastante procurado, você pode ser capaz de ganhar uma parte desse mercado.

2. Decida sua história

Muitos produtos alimentícios especializados de sucesso têm histórias por trás deles, e as histórias fazem as pessoas se sentirem bem com a compra de um produto.

É também o que os diferencia de seus concorrentes. Por exemplo, imagine ser confrontado com duas barras de chocolate – uma embrulhada em um nome comum e outra embrulhada com textos sobre os benefícios do chocolate e adornada com uma história sobre um tipo de cacau exótico e deliciosos. Qual você compraria?

Mas a história não precisa ser somente sobre chocolates em si. Talvez seu filho tenha ajudado a criar a receita ou você encontrou uma fórmula que sua família usou por gerações. De qualquer forma, é importante garantir que o consumidor veja mais do que doces, o produto deve falar sobre isso com o coração. Depois de aperfeiçoar sua história, crie um nome memorável para a sua venda de doces caseiros e que represente seus doces e sua história.

3. Tornar o seu negócio formal

Como em qualquer outro negócio, você deve regularizar o seu negócio o quanto antes. Fazendo isso, você poderá ver o seu negócio crescer, poderá emitir nota fiscal e revender doces para grandes empresas.

Você provavelmente começar de forma informal, vendendo doces para familiares e amigos. Na medida que o negócio cresce, você pode abrir uma MEI e ganhar dinheiro vendendo doces formalmente.

É importante legalizar o negócio e, pelo menos, se enquadrar na categoria de microempreendedor individual.

Aprenda o passo a passo de como abrir uma empresa MEI pela Internet consultando a página do Sebrae, que explica todos os detalhes do processo. Depois de obter a atividade legalizada, fica mais fácil conseguir o termo de permissão de uso da Prefeitura.

Faça cursos e treinamentos

Você também pode se tornar um profissional certificado de segurança alimentar, o que significa fazer um curso que explique como preparar e armazenar alimentos com segurança. Além disso, você pode aprender como fabricar doces gourmet. Faça um curso de como vender doces por aplicativo e delivery e veja suas vendas aumentarem com o uso da tecnologia. Se você não tem renda para investir em cursos, pode procurar no YouTube pode vídeos que ensinam como fazer doces para vender e ganhar dinheiro. Fazendo isso, você poderá aprender diferentes receitas, como, por exemplo:

  • Como ganhar até 6 mil reais por mês fazendo brigadeiros.
  • Venda rápido e lucre muito com sobremesas no pote para vender por 2 reais
  • Copinhos de chocolates recheados
  • Como fazer Donuts para revender
  • Faça e venda sobremesas no pote
  • Cone trufado e com recheio

4. Decida como será o seu espaço

Uma vez que você vai vender produtos comestíveis, o local terá muito a dizer sobre onde e como você pode executar o seu negócio. Se você está pensando em fazer doces em sua cozinha, você pode enfrentar sérias restrições, como não poder cozinhar outra comida ou ter animais de estimação em sua casa.

Se você não deseja estar sujeita a tais restrições, você pode alugar uma cozinha comercial compartilhada. Felizmente, você pode encontrar sites online com listas em sua área. Alguns fabricantes de doces alugam cozinhas em restaurantes durante horários com menos movimento ou em dias em que estão fechados.

Outros alugam instalações e desenvolvem suas próprias cozinhas comerciais. Não deixe de entrar em contato com o serviço que seja do seu agrado para saber o que é necessário.

5. Pense nos investimentos iniciais

A grande coisa sobre a indústria de doces é que você pode começar muito pequena e, em seguida, expandir à medida que seu negócio cresce. Isso permitirá que você mantenha os custos baixos no início.

Os custos inicialmente são estimados entre R$ 1.000 e R$ 40.000, o que é uma enorme quantia. Seus custos de inicialidade são determinados se você começa um negócio de doces pequeno e, em sua própria cozinha ou começa grande, como uma fábrica de chocolate e com veículos próprios de entrega.

Não importa como você comece, você terá pelo menos que comprar equipamentos de fabricação de doces. Termômetros de doces, moldes de diferentes tamanhos e formas, utensílios profissionais, folhas de cozimento, fornos, caldeirões e tigelas de mistura são ferramentas úteis para qualquer fabricante de doces.

Além disso, você precisará investir em embalagens de doces, caixas especiais para segurá-los, papel próprio para doces, sacos, palitos de pirulito, modeladores prensáveis e tudo o mais que você precisa para criar seus padrões de doces gourmet.

Se você tentou e não consegue um empréstimo para sua ideia de negócio, use suas economias e descubra como começar modestamente. Amigos e familiares também podem ser uma excelente fonte de inspiração e podem ajudar a cobrir os custos de inicio. Outra ideia é investir em uma nova ferramenta a cada mês. Em breve, você terá todos os ingredientes que precisa para tornar seu negócio de doces realidade.

6. Calcular os custos e os lucros

Você precisa aprender como calcular preço de venda de doces para não ter nenhum prejuízo. Para facilitar na sua busca, eu encontrei uma planilha de custos, para você aprender como calcular o preço do seu doce.

7. Pense em como vender os doces

Há tanta competição nesta área. Pense cuidadosamente sobre como você vai fazer o seu produto ser mais conhecido no mercado. Há muitas maneiras de fazer isso e todas elas requerem uma abordagem e objetivo diferentes. Vamos dar uma olhada em cada um deles.

Venda em detalhes. O primeiro e mais comum é vender seus doces para o público em geral. Isso pode ser feito começando por seus amigos e familiares e pedindo-lhes para falar sobre os seus produtos. Você também pode fazer visitas no seu bairro fornecendo amostras gratuitas, bem como cartões de pedidos.

Rede social é outra forma de criar uma cadeia de vendas. Usando o Facebook, Instagram e o Twitter, você pode manter os clientes locais informados sobre novos itens e dizer-lhes quando um novo doce acaba de ser preparado. Se você decidir vender principalmente através do varejo, seu objetivo será manter sua base de clientes e mantê-los entusiasmados, oferecendo constantemente produtos e gostos novos e únicos.

8. Fazer e vender doces por atacado

Venda doces por atacado. Outros fabricantes de doces preferem vender seus produtos no atacado. Para isso, eles fazem vários tipos de doces, bem como listas de preços por atacado, e depois distribuem essas listas em lojas de alimentos, restaurantes e mercearias.

Se você decidir tomar este caminho, precisará suprir a demanda. Se você vendeu muitos doces para algumas lojas que estavam fazendo grandes pedidos, mas que você não consegue atender, o melhor é não aceitar a encomenda, seu negócio sofreria mais mal do que bem.

Participe de novos mercados

Outros comerciantes e produtores de doces caseiros estão focando suas habilidades em um negócio com forte tendência chamada de buffets de doces. Isso é especialmente ótimo para festas de casamento, formatura e outros eventos.

Você montará uma mesa no evento que exibe criativamente vários tipos de doces, geralmente de acordo com o tema geral do evento. Se isso parece um caminho a seguir, você precisará entrar em contato com consultores de casamento, fornecedores tradicionais e organizadores de eventos profissionais.

É possível buscar diferentes estratégias para fazer o seu negócio crescer, desde que você não contrate mais do que pode gerenciar. Um negócio saudável geralmente tenta criar vários fluxos de receita.

9. Mantenha seu segredo

Alguns empreendedores do ramo alimentício, como o Coronel Sanders conseguiu manter a sua receita secreta por gerações. Muitas pessoas ficam surpresas ao saber que você não pode proteger legalmente uma receita por direitos autorais. Isso significa que você terá que manter sua receita em sigilo para que ninguém.

Se o seu doce tem um sabor e visual único, é possível marcar a sua marca na memória do cliente. Se você quer vender guloseimas para ganhar dinheiro rapidamente, você ficará encantado em saber que essa atividade é fácil de realizar. O verdadeiro truque é fazer um bom lucro que lhe permitirá comprar as coisas para as quais você economiza.