Empreendedoras.net

Como montar um pequeno negócio de família


Aprenda como montar um pequeno negócio de família

Você teve uma ótima ideia de negócio e isso pode eventualmente ajudá-lo a sair do seu emprego e permitir que você passe mais tempo em casa?

Como você deve saber, muitas vezes é muito difícil começar e gerenciar um negócio por conta própria, e você sempre precisará trabalhar com outras pessoas.

Não seria ótimo trabalhar com pessoas que você já conhece? Bem, quem melhor para merecer sua confiança do que sua própria família? Abaixo compartilhamos algumas ideias sobre a melhor forma de começar seu próprio negócio familiar com sucesso!

O que são empresas familiares?

Empresas familiares são empresas em que vários membros da mesma família estão envolvidos como os principais proprietários ou gerentes de um negócio. As empresas familiares operam agora em todos os países do mundo e são consideradas a forma mais antiga de organização empresarial que já existiu.

As empresas familiares ainda prosperam porque têm uma taxa de retorno mais alta e são menos propensas a fechar, embora sejam mais inclinadas a contratar mesmo em caso de crises econômicas. Mais uma vez, as empresas familiares têm uma visão estratégica de longo prazo por causa de sua principal motivação que cria um legado para as gerações futuras. São negócios menos propensos a se endividar e geralmente são considerados financeiramente prudentes.

Avalie a sua ideia primeiro

Ideias geralmente são as sementes das quais as empresas nascem e crescem. Você ou um membro da família deve ter tido uma ideia de como vender uma pizza de um modo diferentes, com uma receita de pizza incrível que foi passada de geração em geração.

É uma ótima ideia, sem dúvida, mas você precisa determinar se seu bairro precisa de outra pizzaria agora, se as pessoas, se o seu bairro é o lugar certo para esse negócio, se sua família é tenaz o suficiente para administrar um negócio, etc.

Note que todos precisam ser atraídos para essa discussão, porque se algumas pessoas simplesmente não estão interessadas, sua ideia pode não prosperar. Se você avaliou todas essas e outras perguntas relacionadas e está confortável com suas respostas, é hora de começar um negócio de família.

 

Tomada de decisão

A primeira coisa que precisamos saber é que administrar um negócio requer iniciativa e tomada de decisões. Com base em suas próprias relações pessoais com seu cônjuge, filhos e irmão, você precisa definir quem seria o melhor capacitado para tomar as decisões.

Antes mesmo de falar com eles sobre possíveis papéis de cada um dentro da empresa, nossa primeira dica é fazer uma lista dos pontos fortes e fracos de seus familiares, incluindo suas personalidades.

Talvez o seu irmão goste de fazer as coisas do jeito dele, ou sua filha prefere dar sua opinião ao invés de tomar uma decisão. Ao escrever essas características, você entenderá qual papel melhor se encaixa em uma determinada pessoa e como explorar melhor seus pontos fortes.

Atribuir funções

Outra boa dica para começar um negócio de família é atribuir funções desde o início. Se você está abrindo um restaurante familiar, um café, escritório de advogacia ou até mesmo uma lavanderia, é delegando responsabilidades para cada um dos seus familiares que são mais capazes de tomar decisões que as ideias podem prosperar!

Dito isso, recomendamos que você preste muita atenção em como você realiza esta tarefa que pode levar a conflitos familiares. A ideia é tentar criar um tempo de teste onde você pode mudar o papel de seus familiares após algumas semanas. Isso permitirá que você descubra com mais precisão o que eles são realmente capazes e onde eles se sentem mais confortáveis.

Por exemplo, talvez sua tia tenha um talento oculto em contabilidade ou seu filho tenha incríveis habilidades de atendimento ao cliente. Você não vai descobrir se você não permitir que eles também descubram isso por conta própria!

Investimento inicial

Em alguns casos, administrar pequenas empresas com a ajuda de sua família também pode ser uma maneira de aumentar o investimento inicial ou o capital necessário. Há sempre uma opção de juntar o dinheiro dos familiares em vez de pedir empréstimos a bancos ou outras entidades financeiras.

Os bancos exigirão que você pague juros enquanto sua família será mais flexível. Como sua família está investindo no negócio, eles provavelmente terão mais tempo e interesse de aguardar o pagamento. No entanto, como mencionado anteriormente, é bom garantir que os papéis e termos sejam claramente definidos para todas as partes interessadas para minimizar possíveis mal-entendidos e tensões dentro da família mais tarde.

Como trabalhar com sua família

Estabeleça regras básicas entre você e seus entes queridos. Certifique-se de que antes de investir no seu negócio, todos entendam no que estão iniciando. Desentendimentos entre familiares podem acontecer de tempos em tempos, mas enquanto todos compartilham uma visão clara, todos devem se unir para o sucesso e celebrá-lo.

Se todos tentarem pensar no bem da empresa e dos clientes desde o início, será criado um ótimo ambiente dinâmico e de trabalho para você e sua família! E lembre-se que parceiros e funcionários satisfeitos ajudarão a manter os clientes felizes!

Alguns empreendedores acreditam que antes que as relações familiares se tornem tensas devido a certos desafios, os membros devem gastar tempo fazendo coisas familiares fora dos negócios.

Por exemplo, se afastar do local um dia por semana permitirá que eles mantenham bons relacionamentos. Tente planejar uma vez por semana, quando toda a família pode se reunir e relaxar. Passar um bom tempo juntos criará uma dinâmica saudável em sua família e ajudará a acalmar quaisquer tensões que possam ter surgido durante a semana.

Desenvolva um plano de negócio

Independentemente do tamanho de uma empresa, ela precisa de um plano de negócios para ajudá-la. Um membro da família pode ser responsável por desenvolver este plano, mas todos os membros da família envolvidos na criação do negócio devem ter a oportunidade de dar sua própria opinião sobre como o negócio deve funcionar e obter lucro.

Separando o dinheiro dos negócios

Muitas empresas familiares de sucesso reconhecem que a chave é separar o dinheiro dos negócios. Isso pode ser feito contratando um contador ou garantindo que um membro da família tenha a última palavra sobre questões financeiras. Isso é muito importante na criação de um negócio familiar de sucesso porque estabelece uma hierarquia bem clara e com limites.

Encontrar seu capital inicial

Poucos negócios podem ser iniciados sem financiamento, então a família tem que descobrir onde encontrar seu capital inicial. Discuta entre seus parentes envolvidos que podem contribuir com apoio financeiro. Você também deve falar sobre como os lucros serão distribuídos. Você também precisa decidir juntos onde você encontrará apoio financeiro adicional.

Tratando-se de que questões financeiras, nada deve ser deixado em aberto, porque o dinheiro é sempre uma fonte de conflito nas empresas familiares onde os procedimentos não foram devidamente organizados. Você também precisa determinar como cada pessoa será reembolsada e com qual porcentagem de lucro.

Escolha os líderes

Este processo é absolutamente imperativo porque pode ser outra fonte de conflito. Decida cedo quem será responsável por cada departamento, isso pode ajudar cada membro da família a ter um senso de controle e propósito. Supondo que você classifique esta parte à medida que você também faz parte, você pode gerar conflitos, por isso deve ser resolvido a tempo.

Crie o seu negócio

Não importa o quão grande um negócio você quer começar, você deve saber que começar um negócio não é fácil, envolve muitos detalhes técnicos, e cada passo que você perde causaria problemas para você e para outros integrantes. Se você não puder seguir sozinho, você deve procurar ajuda profissional e fazer alguns cursos. Nacionalmente conhecido, o Sebrae é um ótimo local para você começar os seus estudos.

O serviço existe para ajudá-lo a tornar o processo de abertura de uma empresa um pouco mais fácil. Em alguns casos, eles podem ajudá-lo a encontrar investidores ou obter um empréstimo para obter o seu negócio de forma mais rápida.

Gestão de Reputação

Criar a imagem do negócio da sua família deve ser uma decisão acordada ou tomada por cada membro da família já envolvido na gestão do seu negócio. Estar na mesma página e trabalhar com o mesmo objetivo pode ajudá-lo a gerenciar sua reputação com mais facilidade.

Lembre-se que nunca é tarde demais para melhorar suas classificações e uma boa gestão de reputação pode mudar o perfil da sua empresa. Para realizar essa tarefa, uma ideia seria confiar a gestão da reputação do seu negócio aos membros mais jovens de sua família.

De fato, estes últimos geralmente são mais capazes de entender e gerenciar questões de comunicação e publicidade, através do uso de mídias sociais e outras plataformas digitais gratuitas. Controle de imagem e reputação pode fazer a diferença, então tente dar bônus aos jovens membros da sua equipe para trabalhar mais. Talvez os mais jovens sejam mais eficientes e motivados a trabalhar por bônus do que por um salário!

Obtenha as documentações e licenças necessárias

A parte mais burocrática de iniciar um negócio familiar é talvez a área mais negligenciada. Se você não sabe como abrir ou regularizar a sua empresa de família, pode contratar um contador experiente. Cada ramo de atividade é diferente e os alvarás de funcionamento, licenças e impostos também podem ser. Por isso, é importante manter tudo regularizado para evitar multas, taxas desnecessárias e até o fechamento do negócio.

Estabeleça um plano de sucessão

Uma das coisas que destrói os negócios familiares é a questão da sucessão. É sabido que muitas das empresas familiares não passam para a próxima geração porque as famílias não foram capazes de chegar a um consenso sobre a transição do negócio. Então, para evitar esse cenário para o seu negócio, a família precisa iniciar o planejamento sucessório no início do negócio.

Considerações

Aqui estão algumas dicas para ajudar você a começar um negócio familiar. Certifique-se de continuar aprendendo para aumentar suas chances de sucesso. Há muitos recursos disponíveis pela Internet e fora dela que você pode considerar antes de dar o primeiro passo. Boa sorte!