Empreendedoras.net

Como trabalhar passando roupas


Ao contrário do que muitos podem pensar, o processo de passar roupas não é uma coisa simples, mas algo que deve ser aprendido através de muita experiência que, sem dúvida, é construida com muitos anos de dedicação do qual não é possível ignorar.

Em outras palavras, a passadeira profissional exige cuidados adicionais, que às vezes pode ser útil, se não por outro motivo, para aprimorar os seus conhecimentos, como participar dos cursos de passadeiras que são organizados periodicamente em diferentes instituições de ensino.

O bom e o certo é participar desses cursos não apenas em uma perspectiva puramente doméstica, mas também para tornar tudo isso uma profissão real, talvez se tornando uma pessoa que passa a ferro em uma lavanderia ou, quem sabe, empreendendo de forma autônoma, trabalhando passando roupa em domicílio.

Como ser uma passadeira de roupa

Curso de passadeira profissional

Esses cursos aproveitam a preciosa colaboração das passadeiras profissionais, que disponibilizarão a todos os participantes o seu conhecimento em uma experiência construida à vários anos, que é a base de uma profissão sólida.

Um curso de passar roupa pode ser totalmente focado em um único tema, como aprender a passar jeans, apenas camisas masculinas ou tecidos mais delicados, ou aprender uma variada gama de temas.

O curso de lavadoria e passadoria é recomendado para profissionais domésticos e donas de casa que necessitam se aperfeiçoar nas tarefas de passar e lavar.

Como mencionado anteriormente, esses curso de passadoria presencial ou online não são direcionados apenas àqueles que querem transformar tudo isso em uma profissão, mas também às jovens esposas ou maridos que desejam aprender todos os truques de um gesto que, se não for feito corretamente, pode danificar irreparavelmente as roupas de qualquer tipo.

No que diz respeito aos cursos mais articulados, aqueles com duração mais prolongada, as matérias que serão abordadas serão muitas, a partir de um estudo, esses assuntos também podem ser apresentados e resumidos da seguinte forma:

  • Remoção de manchas de roupas;
  • Comissionamento de máquinas;
  • Verificação da qualidade do trabalho realizado;
  • Dobramento e embalagem de roupas;
  • Como entender a etiqueta da roupa;
  • Como utilizar cada produto da lavanderia
  • Lavagem a seco e lavagem com água;
  • Reparar e costurar botões;
  • Como pendurar as roupas no varal;
  • Fazendo a manutenção de lavadora, secadora e ferro de passar;
  • Técnicas de atendimento em domicílio.

Quanto uma passadeira profissional ganha?

Para trabalhar com o ferro de passar, os ganhos são, como se pode deduzir facilmente, compatíveis com o tipo de contrato e, portanto, com a duração do dia útil médio. Em media, o valor do piso salarial para o cargo de passador de roupas à mão em todo o Brasil é de um salário mínimo para uma jornada de trabalho de 44 horas por semana.

No entanto, se você deseja elaborar valores que sejam maiores, no caso de trabalhar por conta própria, com a possível abertura de uma empresa de passar roupas que atende em domicilio ou de forma autônoma, a remuneração mensal pode chegar a vários salários mínimos por mês. Além disso, muitas empreendedoras autônomas também preferem um contrato de trabalho por hora. Nesse caso, você ganha cerca de 50 até 100 reais por hora se considerar procurar um emprego de passar roupa em casa.

Como é o trabalho de uma passadeira profissional?

Quem, devido à falta de tempo, pretende entrar em contato com uma passadeira de roupa profissional encontrará não apenas uma pessoa que passará a roupa a ferro, mas também adaptará parâmetros como temperatura e quantidade de vapor às peculiaridades exigidas pelo contratante e pelas especificações do tecido de que é a roupa é feita.

Uma passadeira profissional conhece todas as características dos tecidos, inspirando-se nas indicações do rótulo. Procura fazer o trabalho seguindo etapas precisas, tentando reduzir ao mínimo todos os passes duplos, certamente prejudiciais. Ao fazer isso, você dará às roupas uma durabilidade considerável ao longo do tempo.

A passadeira de roupa profissional é particularmente adequada para todos os tecidos delicados que requerem tratamentos especiais, da seda à lã e ao veludo ou camurça. No final, você não precisará nem dobrar os itens que já estarão prontos para serem guardados no armário.

Trabalhando como uma passadeira profissional

Há uma demanda extremamente alta por serviços de passar roupas eficientes que executam um trabalho de qualidade. As pessoas preferem pagar mais para terceirizar as passagens de suas roupas do que passá-las a ferro e é aí que você entra.

Se você conseguir encontrar clientes e se familiarizar com uma tábua de passar, pode ser que você goste de ganhar dinheiro com isso.

Para oferecer um serviço de passar de alta qualidade, você precisará do essencial: um bom ferro e uma tábua de passar. Vale a pena investir em ferramentas de boa qualidade porque isso passará credibilidade, facilitará o trabalho e haverá menos chances de danificar as roupas de seus clientes.

Você também deve ter experiência em passar roupas, mesmo que sejam apenas suas próprias roupas, e conhecer o básico, por exemplo, diferentes configurações de calor para vários tipos de tecidos. Você provavelmente deseja oferecer a seus clientes padrões mais altos de passar roupas do que suas próprias roupas.

Pode já existir um serviço de passadeira na sua vizinhança com muitos clientes, pelo que é da maior importância obter os melhores resultados possíveis. Faça uma pesquisa de mercado para verificar o que os outros oferecem em termos de preços, serviços e opções de entrega. Depois, pense em como você pode superar a oferta deles.

Quanto cobrar para passar roupa

É possível cobrar para passar roupa por quilo, por caixa ou por unidade. Para criar uma tabela de preço por quilo, você pode cobrar o que muitas lavanderias cobram por ai.  Passar poupa por kilo costuma ficar entre R$ 26,90 à R$ 29,90 (vestuário dia a dia).

Quem deseja optar por cobrar por caixa, o volume é calculado de acordo com caixas de dois tamanhos. A grande costuma ficar entre R$ 50,00. A pequena, R$ 40,00. Com estes valores, o cliente pode colocar nas caixas para passar o que couber.

Já para quem deseja cobrar por unidade, pode criar a sua própria lista de preços, tendo como base o que outras passadeiras cobram por ai. A tabela de preços para passar roupa por peça pode ser criada de acordo a complexidade da peça ou material, sempre levando em conta o tempo gasto e risco de danificar o material.

Em geral, cobra-se de R$ 2,60 até R$ 3,00 por peça. No entanto, lembre-se que cada profissional cobra de acordo com a necessidade do momento, sendo que é preciso saber negociar porque são muitas as opção de pagamento.

Começando a trabalhar passando roupa

Você basicamente tem duas opções:

Agências de passar roupa

Se você deseja seguir a primeira opção, o inicio pode ser imediato é tão simples quanto encontrar a agência mais próxima. Você pode encontrar uma agencia de recursos humanos que terceiriza o serviço on-line através de uma pesquisa rápida pela Internet.

Diferentes agências fornecem serviços diferentes e, algumas incluem a necessidade de outras habilidades, então encontre uma que melhor se adapte às suas habilidades.

Quando você se inscreve em uma agência, eles lidam com aspectos administrativos, como captação de clientes, no entanto, se você deseja se registrar como autônomo, a agência deve informar isso. Algumas agências simplesmente colocam você em contato com um cliente local e permitem que você organize seus pagamentos.

Outros têm clientes que normalmente precisam de tarefas domésticas, de limpeza e de passar roupa. Assim, eles combinam a visita de uma passadeira de acordo com as necessidades de seus clientes e permitem que as duas partes acordem um preço. Se você decidir inscrever-se em uma agência, o trabalho normalmente é de meio período e geralmente flexível.

Começando seu próprio negócio

A grande vantagem de realizar sua própria operação é que você pode ficar com todo o lucro obtido pelo seu serviço! Você também pode começar a trabalhar quando quiser e escolher seus próprios clientes.

A desvantagem é que você precisa fazer todo o trabalho sozinha, precisará encontrar o cliente, fazer o faturamento, tabela de preços, negociação com fornecedores, pagamento de despesas e assim por diante. No entanto, se isso não o desencorajar, você é uma empreendedora de sucesso e pode fazer tudo isso.

Uma boa maneira de começar seu negócio de passar roupa é começar de forma pequena e gradualmente crescer à medida que você ganha mais clientes. Comece oferecendo um serviço simples de passar roupas e depois eleve as coisas a partir daí. Você também pode oferecer serviços sazonais, como ofertas especiais para passar uniformes e roupas de empresas ou roupas de casamento.

Além disso, você pode se ramificar. Se você é uma pessoa empreendedora, por exemplo, seus talentos serão definitivamente úteis. Você também pode oferecer serviços de conserto e lavagem de roupas.

No entanto, o empreendimento não se trata apenas de passar a ferro. Lembre-se  sempre que a apresentação é tudo. Por isso, lembre-se de manter tudo organizado,  devolva a roupa de um cliente em uma sacola plástica transparente com as suas informações de contato ou em cabides com o numero do seu telefone.

Um serviço importante que a maioria dos clientes apreciam é a retirada e entrega das roupas. É aceitável cobrar uma pequena taxa por isso, com base no custo do combustível e no tempo gasto na condução. O custo inicial para abrir uma empresa de passar roupas é baixo, mas a criação de um orçamento é uma parte essencial de qualquer negócio.

Tudo o que você precisa fazer é elaborar uma lista de despesas, incluindo suprimentos, combustível, aluguel e etc. É uma boa ideia comparar seus preços com outras empresas que oferecem serviços de passar roupas. Informe todos os seus amigos, familiares e colegas de trabalho que você faz isso e peça a eles que o ajudem a espalhar a notícia